Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Pesquisador do INPE é editor de Edição especial sobre os impactos do El Niño no ciclo do carbono tropical publicada hoje no periódico científico mais antigo do mundo

Notícias

Pesquisador do INPE é editor de Edição especial sobre os impactos do El Niño no ciclo do carbono tropical publicada hoje no periódico científico mais antigo do mundo

Luiz Aragão pesquisador da Divisão de Sensoriamento Remoto - OBT/INPE foi um dos editores da edição especial do periódico Philosophical Transactions of the Royal Society intitulada “The impact of the 2015/2016 El Niño on the terrestrial tropical carbon cycle: patterns, mechanisms and implications”...
publicado: 08/10/2018 14h37 última modificação: 08/10/2018 14h55

Luiz Aragão pesquisador da Divisão de Sensoriamento Remoto - OBT/INPE foi um dos editores da edição especial do periódico Philosophical Transactions of the Royal Society intitulada “‘The impact of the 2015/2016 El Niño on the terrestrial tropical carbon cycle: patterns, mechanisms and implications”. O periódico teve sua primeira edição em 1665. Durante seus 353 anos de existência publicou artigos de cientistas de destaque. A seleta lista conta com nomes como Isaac Newton, Caroline Herschel, Mary Somerville, Charles Darwin, Michael Faraday, James Clerk Maxwell, Alan Turing and Stephen Hawking.

Aragão, que junto com colaboradores brasileiros do INPE, CEMADEN, INPA, EMBRAPA, europeus e americanos, participou de cinco artigos nesta edição especial diz que “esta foi a primeira vez que durante um El Niño tão intenso estávamos preparados com uma série de medições in situ e orbitais que permitiram uma análise criteriosa do evento”. Aragão destaca que “além de mais de uma centena de áreas florestais monitoradas em campo, os pesquisadores puderam testar modelos do sistema terrestre, que atualmente estão muito melhor calibrados para a região tropical”. “O grande diferencial foi a possibilidade de investigar o evento com um arsenal de satélites de observação da terra equipados com vários instrumentos que nos permitiu pela primeira vez uma visão de larga-escala de vários processos que poderiam ser afetados pelo El Niño”, complementa o pesquisador.

Colaboraram também nos estudos publicados os pesquisadores do INPE Luciana Gatti e Celso von Randow, além dos pós-doutorandos da DSR Fabien Wagner e Marisa Fonseca, os alunos de doutorado da pós-graduação em Sensoriamento Remoto do INPE Ricardo Dalangnol, Aline Lopes e os ex-alunos do mesmo curso Yhasmin Moura, Camila Silva e Fernando Espirito-Santo.

Todos os artigos estão disponíveis no endereço: http://rstb.royalsocietypublishing.org/content/373/1760?current-issue=y