Fale Conosco
:: Quinta-feira, 22 de Junho de 2017
A A A









Valid XHTML 1.0 Strict  CSS válido!



Tools for Open Multi-Risk Assessment Using Earth Observation Data – TOLOMEO

Objetivo: Desenvolver e aperfeiçoar softwares de código livre no contexto de análise de risco ambiental.

Parceria: Universidade de Pavia (Itália); Universidade de Hannover (Alemanha); Universidade de Extremadura (Espanha); aCNES (Centre Nationale d´Etudes Spatiales).

Equipe: Dra. Cláudia Almeida (Coord. pelo INPE), Dr. Camilo Daleles Rennó, MSc. Lise Christine Banon, MSc. Rodolfo Georjute Lotte, Dra. Renata Sampaio da Rocha Ruiz, BSc. Paulo Renato da Silva Ruiz, MSc. José Renato Garcia Braga, Dra. Helaine Cristina Morais Furtado.

Projeto TOLOMEO




Desenvolvimento de Rotinas para a Extração Automática de APPs - EXAPP

Objetivo: Desenvolver metodologias, ferramentas e sistemas de software para a criação de processos automáticos de delimitação de APPs. (TerraHidro)

Parceria: Puc-Rio, Geopixel

Equipe: Dra. Cláudia Almeida (Coord.), Dr. Sergio Rosim, Dr. João Ricardo de Freitas Oliveira, Dra. Leila Maria Garcia Fonseca, Dr. Camilo Daleles Rennó, MSc. Silvia Shizue Leonardi, Dra. Jussara de Oliveira Ortiz, MSc. Henrique Rennó de Azeredo Freitas, MSc. Lise Christine Banon.
Projeto EXAPP




Plataforma para a Interpretação Automática de Imagens de Radar – InterSAR

Objetivo: Desenvolver metodologias, algoritmos e ferramentas computacionais específicas para a interpretação de cobertura/uso da terra em imagens SAR.

Parceria: PUC-Rio, Empresa BRADAR - Soluções em Defesa e Sensoriamento Remoto

Equipe: Dra. Cláudia Almeida (Coord. Subprojeto), Dr. Luciano Dutra, Dra. Corina Freitas, Dra. Leila Fonseca, MSc. Emiliano Castejon, Thales Korting, MSc. Douglas Uba.

Projeto InterSAR




Objetivo: criar uma metodologia para mapeamento automático de uso e cobertura da terra, usando imagens de satélite WorldView-2 de altíssima resolução espacial e SIG.

Equipe: Hermann Johann Heinrich Kux. Jussara Starling de Medeiros, Paulo César Gurgel de Albuquerque, Bruna Pechini, bolsista.

Projeto em Ambientes Urbanos




Objetivo: Avaliar as mudanças na qualidade do ar associadas aos fatores meteorológicos atuantes, impostas tanto pelos cenários climáticos quanto pela expansão urbano-econômica em si.

Equipe: Karla Longo, Saulo Freitas, Cláudia Almeida, Britaldo Soares.

Projeto em Ambientes Urbanos




Objetivo: caracterização espectral de folhas isoladas de dois cultivos de café (Catuaí e Obatã) afetadas pelas emissões de CO2 na atmosfera

Parceria: CEPAGRI/Unicamp, EMBRAPA

Equipe: Flávio Ponzoni, Emilia Hamada, Renata Ribeiro

Efeitos da emissão de CO2




Objetivo: Avaliar a possibilidade de caracterização espectral de dosséis e de folhas isoladas de espécies dominantes graminóides afetadas por emissões de CO2 em solo.

Parceria: PUC-RS

Equipe: Flávio Ponzoni, Clarissa Melo (PUC-RS), Régis Lahm (PUC-RS)



Objetivo: The project aim is to develop methods to map energy crops and to identify potential areas for their sustainable expansion in Brazil, based on remote sensing as well as ancillary data; and to build a computational framework that will integrate existing GIS tools, access multiple data sources and provide novel algorithms and functions to process spatial information.

Equipe: Dra. Leila Fonseca, Dra. Karine Reis, Dra. Ieda Sanches, Dr. Luis Aragão, Dra. Lubia Vinhas, Dr. Thales Korting e MSc. Emiliano Castejon



Objetivo: desenvolver, testar e implementar um sistema de monitoramento agrícola baseado em dados de resolução média/grosseira (~250m) MODIS, disponíveis sem custos, além da integração de imagens de resolução da ordem de 30m (Landsat, ASTER e CBERS) e dados agro-estatísticos e meteorológicos.

Vigência: 28/12/2012 a 27/12/2015

Equipe: Formaggio, Dr. Antonio Roberto Formaggio (INPE) - Project Coordinator, Clement Atzberger (BOKU) - Visiting Researcher, Yosio, Joao Vianei Soares, Egidio Arai, Alfredo Barreto Luiz (EMBRAPA), Bettina Baruth (JRC MARS), Felix Rembold (JRC MARS), Agnes Begue (CIRAD), Bruno Schultz, Ieda Sanches, Isaque Daniel Rochar Eberhardt, William Foschiera, Kleber Trabaquini, Márcio Mello Pupin, Elizabeth Goltz



Objetivo: Monitoramento da dinâmica da atividade agrícola com base em imagens do satélite Landsat-OLI e levantamento do perfil espectro temporal de alvos agrícolas.

O projeto teve início em julho de 2014. Desde então, trabalhos de campos mensais têm sido conduzidos na região que abrange os municípios de Mogi Guaçu, Estiva Gerbi, Aguaí, Casa Branca e Mococa - SP, para coleta de informação sobre 55 talhões com diferentes classes de uso da terra (i.e. agricultura anual, agricultura semi-perene, agricultura perene, pastagem, silvicultura e vegetação nativa). Todas as imagens OLI livres de nuvem que recobrem as áreas dos talhões monitorados, são adquiridas periodicamente (após cada passagem do satélite), para se fazer o acompanhamento do desenvolvimento dos alvos nas imagens, e verificar o que é observado no campo que também pode ser observado nas imagens.

Equipe: Ieda Del'Arco Sanches (INPE), Alfredo José Barreto Luiz (Embrapa Meio Ambiente), Antônio Roberto Formaggio (INPE), Bruno Schultz (INPE), Kleber Trabaquini (EPAGRI).

Projeto Monitoramento da dinâmica da atividade agrícola com base nas imagens do satélite Landsat-OLI Projeto Monitoramento da dinâmica da atividade agrícola com base nas imagens do satélite Landsat-OLI


Objetivo: compreender e quantificar as transformações históricas nos usos e coberturas dos solos, bem como suas influências na perda da qualidade ambiental, tomando como área de estudos uma bacia hidrográfica situada a oeste do estado do Mato Grosso, na Chapada dos Parecis, que tem sofrido intensa pressão antrópica pela expansão da agropecuária nas últimas décadas.

Equipe:
Dr. Antonio Roberto Formaggio – Coordenador (INPE)
Dr. Alfredo José Barreto Luiz – Embrapa Meio Ambiente
Dra. Rosana Cristina Grecchi – Pós-Doc (CNPq)
Dr. Kleber Trabaquini – Pós-Doc (CNPq)
Mestrando Gabriel Bertani – INPE



Objetivo: desenvolver, testar e implementar um sistema de monitoramento agrícola baseado em dados de resolução média/grosseira (~250m) MODIS, disponíveis sem custos, além da integração de imagens de resolução da ordem de 30m (Landsat, ASTER e CBERS) e dados agro-estatísticos e meteorológicos.

Vigência: 28/12/2012 a 27/12/2015

Equipe: Dr. Antonio Roberto Formaggio (INPE) - Project Coordinator, Clement Atzberger (BOKU) - Visiting Researcher, Yosio, Joao Vianei Soares, Egidio Arai, Alfredo Barreto Luiz (EMBRAPA), Bettina Baruth (JRC MARS), Felix Rembold (JRC MARS), Agnes Begue (CIRAD), Bruno Schultz, Isaque Daniel Rochar Eberhardt, William Foschiera, Kleber Trabaquini, Márcio Mello Pupin, Elizabeth Goltz



Objetivo: compreender e quantificar as transformações históricas nos usos e coberturas dos solos, bem como suas influências na perda da qualidade ambiental, tomando como área de estudos uma bacia hidrográfica situada a oeste do estado do Mato Grosso, na Chapada dos Parecis, que tem sofrido intensa pressão antrópica pela expansão da agropecuária nas últimas décadas.

Equipe: Dr. Antonio Roberto Formaggio – Coordenador (INPE), Dr. Alfredo José Barreto Luiz – Embrapa Meio Ambiente, Dra. Rosana Cristina Grecchi – Pós-Doc (CNPq), Dr. Kleber Trabaquini – Pós-Doc (CNPq), Mestrando Gabriel Bertani – INPE



Projeto Café
(Figura 1)

Criado com o objetivo de gerar uma metodologia capaz de caracterizar espacialmente o Parque Cafeeiro do Brasil, através da geotecnologia. O projeto teve início no ano de 2005 e, como área piloto, foi selecionado o estado de Minas Gerais, por ser o maior produtor de café do Brasil. Depois de vários testes com diferentes classificadores, chegou-se a conclusão de que a melhor metodologia para mapear as lavouras de café era uma abordagem híbrida, ou seja, uma fase computacional e outra interativa (Figura 2). A caracterização do parque cafeeiro consiste em:
(i) espacialização dos cafezais,
(ii) caracterização dos cafezais em relação a altitude, declividade, posição de vertente e tipos de solos.
Além disso, o Projeto é mais ambicioso, pois busca estabelecer também modelos de estimativa da produtividade. A partir do ano de 2008 foi incorporado ao projeto o estado de São Paulo.

Equipe: Dr. Mauricio Alves Moreira

Projeto Café
(Figura 2)




Objetivo: desenvolver, testar e implementar um sistema de monitoramento agrícola baseado em dados de resolução média/grosseira (~250m) MODIS, disponíveis sem custos, além da integração de imagens de resolução da ordem de 30m (Landsat, ASTER e CBERS) e dados agro-estatísticos e meteorológicos.

Vigência: 28/12/2012 a 27/12/2015

Equipe: Dr. Antonio Roberto Formaggio (INPE) - Project Coordinator, Clement Atzberger (BOKU) - Visiting Researcher, Yosio, Joao Vianei Soares, Egidio Arai, Alfredo Barreto Luiz (EMBRAPA), Bettina Baruth (JRC MARS), Felix Rembold (JRC MARS), Agnes Begue (CIRAD), Bruno Schultz, Isaque Daniel Rochar Eberhardt, William Foschiera, Kleber Trabaquini, Márcio Mello Pupin, Elizabeth Goltz


Objetivo: compreender e quantificar as transformações históricas nos usos e coberturas dos solos, bem como suas influências na perda da qualidade ambiental, tomando como área de estudos uma bacia hidrográfica situada a oeste do estado do Mato Grosso, na Chapada dos Parecis, que tem sofrido intensa pressão antrópica pela expansão da agropecuária nas últimas décadas.

Equipe: Dr. Antonio Roberto Formaggio – Coordenador (INPE), Dr. Alfredo José Barreto Luiz – Embrapa Meio Ambiente, Dra. Rosana Cristina Grecchi – Pós-Doc (CNPq), Dr. Kleber Trabaquini – Pós-Doc (CNPq), Mestrando Gabriel Bertani – INPE


Objetivo: Investigar a viabilidade da detecção remota e do monitoramento de deformações superficiais no Complexo de minas de ferro da mineradora Vale S.A. localizadas na Serra dos Carajás (Pará).

Equipe: Dr. Waldir Renato Paradella (coordenador/INPE), Dr. José Claudio Mura (vice-coordenador/INPE), Dr. Fabio Furlan Gama (INPE), Dr. Athos Ribeiro dos Santos (INPE), Dr. Maurício Galo (FCT/UNESP), Dr. Paulo Camargo (FCT/UNESP), Dr. Arnaldo de Queiroz da Silva (IG/UFPa), Dr. Marcos Eduardo Harwig, Guilherme Gregório da Silva (Bolsa PCI/CNPq).

TerraSAR-X


Objetivo: estimativa de biomassa na floresta tropical

Parceria: JPL/NASA, USDA Forest Service, DLR, University New Hapshire

Equipe: Robert Treuhaft (JPL/NASA), João Roberto dos Santos (INPE), Michael Keller (USDA Forest Service), Fábio Guimarães Gonçalves (Woods Hole Research Center), Bruce Chapman (JPL/NASA), Michael Palace (University of New Hampshire), Kostas Papathanassiou (DLR/Germany), Paulo Alencastro Graça (INPA).


Imagem de coerência interferométrica SAR (mostrando áreas de floresta e zonas de ocupação com agricultura e pastagem)


Equipe: Dr. João Roberto dos Santos (INPE), Dr. Fábio Furlan Gama (INPE), Dr. José Cláudio Mura (INPE), Dr. Paulo Maurício Lima de Alencastro Graça (INPA); MSc. Adriana Rodrigues de Azevedo (ICMBio / MMA)


Cosmo-SkyMed (Banda X HV )



Perfil radiométrico da tipologia vegetal em imagem COSMO-SkyMed, de polarizações HV (linha azul) e VH (linha verde)


Objetivo: : estudar as variações intra- e interanuais (2000-2013) da reflectância e dos índices de vegetação no Parque Estadual do Turvo

Parceria: UFSM

Equipe: Lênio Soares Galvão (Coordenador), Fábio Marcelo Breunig (UFSM), João Roberto dos Santos (INPE); Rafaelo Balbinot (UFSM), Renato Beppler Spohr (UFSM), Luciano Denardi (UFSM), Thiago Sousa Teles (INPE) e William Gaida (UFSM).


Hyperion/EO-1

MODIS/Terra


MISR/Terra


Objetivo: Implantação de uma rede de monitoramento de variáveis meteorológicas e oceanográficas ao longo da costa brasileira com o fim de estabelecer um sistema de alerta em caso de ocorrência de eventos extremos e, com a continuidade do programa, poder antever os processos ligados aos efeitos climáticos, como os eventos de El Niño/La Niña, e as tendências de longo período.

Equipe: Dr. Douglas Francisco Marcolino Gherardi, Dr. Ronald Buss de Souza, Dr. Mauricio Almeida Noernberg, Dr. Osmar Olinto Moller, Dr. Carlos Alberto Eiras Garcia - Coordenador, Dra. Aurea Maria Ciotti, Dr. Antonio Fetter, r. Luciano Ponzi Pezzi.


Objetivo: melhorar o entendimento das relações entre a produção de cana-de-açúcar e alguns dos importantes impactos ambientais e socioeconômicos a eles vinculados.

Equipe: Annia Streher, Carolline Tressmann Cairo, Claudio Barbosa, Enner Alcântara, Evlyn Novo, José Luiz Stech, João Antônio Lorenzzetti, Joaquim Leão, Maria do Carmo Calijuri

Fonte: Novo et al. 2013


ACEx
Objetivo: Estudar processos de interação Oceano-Atmosfera em frentes oceânicas de intenso gradiente térmico.

Parceria: collaboration with Dr Scott Miller - University of Albany

Equipe: OBT e CRS (INPE), IO e IAG (USP), UFSM, UNIFEI, University of Albani (EUA), Dr Luciano Pezzi e Dr Ronald Souza



Objetivo: entender os regimes de variabilidade atmosférica e oceânica, visando melhorar o entendimento do sistema acoplado oceano-atmosfera.

Parceria: INPE, FURG, IAG-USP, IOUSP, UFRGS.

Equipe: Dr Luciano Pezzi


Objetivo: Avaliar a variabilidade temporal da biomassa e composição fitoplanctônica em cada região da rede ANTARES e das principais variáveis ambientais.

Equipe: Milton Kampel (PI), (Co-Pis) Vivian Lutz, Martina Chidiak, Alexander Turra, Paulo Sinisgalli, pedro Jacobi, Eduardo Santamaria Angel, Robert Frouin, Yrene Astor, Ruben Negri, Ruben Escribano, Mary Luz Cañón-Paez, Jesus Ledesma, Sergio Cerdeira-Estrada, Gustavo Tous, Maria Elena Tapia, Christian Manuel Naranjo Padilla, Roberto Millán-Núñez, Luis Escudero.



Objetivo: Fornecimento operacional de produtos de sensoriamento remoto obtidos por satélites orbitais: temperatura da superfície do mar, concentração superficial de clorofila, precipitação e velocidade e direção do vento, abrangendo as bacias sedimentares oceânicas consideradas de interesse (Bacia de Campos, Santos, Espírito Santo, Camamu, Potiguar, Ceará, Sergipe-Alagoas, METAREA V).

Equipe: Milton Kampel (Coordenador), Marcelo Franco, Caio Fonteles, Catarina Cecílio, Luiz Augusto Machado, Ricardo Braga, Rogerio Batista, Mario Figueiredo, Lucas B. Freitas, Nelson de Jesus Ferreira.



Objetivo: mapeamento e monitoramento da biodiversidade com uso de técnicas de sensoriamento remoto.

Equipe: Alex C. Bastos (Coordenação Geral da Rede Abrolhos), Rodrigo Leão de Moura (Coordenação Administrativa), Gilberto M. Amado-Filho, Ronaldo B. Francini-Filho, Fabiano L. Thompson, Carolina V. Minte-Vera, Rodolfo P. R. Paranhos, Sigrid Neumann Leitão, Leila L. Longo, Carlos Eduardo de Rezende, Fernando Z Gibran, Leonardo T. Salgado, Guilherme H. Pereira-Filho, Milton Kampel, Maria Laura Zoffoli, Robert Frouin, Luciane Favareto.



Objetivo: Desenvolver um modelo para monitoramento e avaliação de impactos na criação de peixes em tanques-rede, assim como, a adoção de Boas Práticas de Manejo (BPM) para a gestão ambiental de Parques Aquícolas.

Parceria: Agencia Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), Embrapa Meio-ambiente

Equipe: Dr. José L. Stech, João A. Lorenzzetti, Carlos Araújo, Joaquim Leão, Marcelo C. Pedrosa, Arley Souza, Geraldo Mendes (DMF/INPE), Walter Kinkit (DMF/INPE)



Objetivo: caracterizar a circulação estuarina e avaliar a dinâmica da poluição na baia do Juqueriquerê.

Equipe: René Júnior (Coordenador), Claudio Solano, Amanda Simonetti, Marcio dos Santos e Fábio Pincinnato



Objetivo: Aprimorar os trabalhos de calibração absoluta de sensores orbitais no âmbito do Programa Espacial Brasileiro.

Parceria: IEAV, Unicam, SDSU

Equipe: Flávio Ponzoni, Cibele Teixeira, Ruy Morgado, Dennis Helder


Objetivo: desenvolver métodos de avaliação de qualidade de imagens.

Equipe: Leila Fonseca, Flávio Ponzoni, Ricardo Cartaxo, Julio Dalge, Epiphanio


Objetivo: A missão SABIA-Mar é um sistema completo de Observação da Terra dedicado ao sensoriamento remoto de sistemas aquáticos oceânicos e costeiros incluindo águas interiores, baseado em uma constelação de 2 satélites e uma infraestrutura operacional, logísitica e de segmento solo desenvolvidos para alcançar os objetivos propostos pelo Brasil e pela Argentina.

Equipe: Marco Chamon (Project manager, Brasil), Milton Kampel (PI, Brasil), Joao A. Lorenzzetti, Evlyn Novo, Equipe da ETE, Equipe CONAE



Objetivo: Instalação de uma estação completa (antena, processador, capacidade de armazenamento) para a recepção, processamento e distribuição em tempo quase real de dados de satélites para o monitoramento costeiro e oceânico. Início em 06/12/2006 (GOES 13, 14, 15, ENVISAT(MERIS, ASAR)).

Plano: RADARSAT-2

Equipe: João Vianei Soares – Coordenador inicial do projeto, João A. Lorenzetti, Milton Kampel, José Bacellar, José Claudio Mura, Antonio Miguel Monteiro, Flávio Reis, Marcus Vinicius Cisotto, Carlos Alberto Ferrari, Auro Tikami, Júlio D´Alge – Coordenador subsequente ao Vianei, Ivan Márcio Barbosa – Coordenador atual, Josiane Maria Gomes Mafra