Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Programas > Amazônia e Outros Biomas > PRODES

PRODES - Amazônia



Monitoramento do Desmatamento da Floresta Amazônica Brasileira por Satélite


O projeto PRODES realiza o monitoramento por satélites do desmatamento por corte raso na Amazônia Legal e produz, desde 1988, as taxas anuais de desmatamento na região, que são usadas pelo governo brasileiro para o estabelecimento de políticas públicas. As taxas anuais são estimadas a partir dos incrementos de desmatamento identificados em cada imagem de satélite que cobre a Amazônia Legal. A primeira apresentação dos dados é realizada até dezembro de cada ano, na forma de estimativa, quando normalmente são processadas aproximadamente 50% das imagens que cobrem a Amazônia Legal. Os dados consolidados são apresentados no primeiro semestre do ano seguinte.

O PRODES utiliza imagens de satélites da classe LANDSAT (20 a 30 metros de resolução espacial e taxa de revisita de 16 dias) numa combinação que busca minimizar o problema da cobertura de nuvens e garantir critérios de interoperabilidade. As imagens do satélite americano LANDSAT-5/TM foram, historicamente, as mais utilizadas pelo projeto, mas as imagens do sensor CCD a bordo do CBERS-2/2B, satélites do programa sino-brasileiro de sensoriamento remoto, foram bastante usadas. O PRODES também fez uso de imagens LISS-3 do satélite indiano IRS-1 e também das imagens do satélite inglês UK-DMC2. Atualmente faz uso massivo das imagens do LANDSAT 8/OLI, CBERS 4 e IRS-2. Independente do instrumento utilizado, a área mínima mapeada pelo PRODES é de 6,25 hectares.
As estimativas do PRODES são consideradas confiáveis pelos cientistas nacionais e internacionais (Kintish, 2007). Esse sistema tem demonstrado ser de grande importância para ações e planejamento de políticas públicas da Amazônia. Resultados recentes, a partir de análises realizadas com especialistas independentes, indicam nível de precisão próximo a 95%.

A taxa anual de desmatamento PRODES tem sido usada como indicador para a proposição de políticas públicas e para a avaliação da efetividade de suas implementações.  Os dados espaciais do PRODES são utilizados em: (a) Certificação de cadeias produtivas do agronegócio como a Moratória da Soja e o Termo de Ajustamento de Conduta da Pecuária-TAC da Carne; (b) Acordos intergovernamentais como a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 21) e os Relatórios de Inventário Nacional de Emissões de Gases de Efeito Estufa e (c) Doações monetárias pelo Fundo Amazônia, que usam o PRODES como dado de referência à atividade de desmatamento na Amazônia Legal.

A política de transparência dos dados do monitoramento do estado da floresta adotada pelo INPE e pelo governo federal desde 2004 permite o acesso completo a todos os dados gerados pelos sistemas de monitoramento, possibilitando realizar avaliações independentes pela comunidade usuária, incluindo o governo em suas esferas e instâncias, a academia, o cidadão e a sociedade civil brasileira em seus diversos arranjos institucionais.
Todos os programas de monitoramento da alteração da cobertura florestal da Amazônia, hoje operados pelo INPE, utilizam o sistema de informações geográficas chamado TerraAmazon. Este sistema é construído baseado na biblioteca de classes e funções de sistema de informação geográfica (SIG) para desenvolvimento de aplicações geográficas desenvolvidas pelo INPE e seus parceiros, chamada TerraLib. Esta biblioteca esta disponível na internet na forma de código aberto (open source) permitindo um ambiente colaborativo para o desenvolvimento de várias ferramentas de SIG.

O projeto PRODES conta com a colaboração do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e está inserido como ação do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) no Grupo Permanente de Trabalho Interministerial para a redução dos índices de desmatamento da Amazônia legal, criado por decreto presidencial de 3 de Julho de 2005. O GTPI é parte do Plano de Ação para a Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia legal, lançado em 15 de março de 2004.

Taxas PRODES Amazônia - 1988 a 2021 (km2)

Ano/EstadosACAMAPMAMTPARORRTOAMZ LEGAL
19886201510602450514069902340290165021050
19895401180130142059605750143063073017770
1990550520250110040204890167015058013730
199138098041067028403780111042044011030
199240079936113546743787226528140913786
1993482370037262204284259524033314896
1994482370037262204284259524033314896
19951208211491745103917845473022079729059
199643310230106165436135243221432018161
19973585891840952714139198618427313227
199853667030101264665829204122357617383
19994417200123069635111235822021617259
20005476120106563696671246525324418226
2001419634795877035237267334518918165
2002883885010857892751030998421221651
20031078155825993104057145359743915625396
2004728123246755118148870385831115827772
20055927753392271455899324413327119014
20063987883067443335659204923112414286
2007184610396312678552616113096311651
2008254604100127132585607113657410712911
20091674057082810494281482121617464
2010259595537128713770435256497000
20112805026639611203008865141406418
2012305523272697571741773124524571
20132215832340311392346932170745891
20143095003125710751887684219505012
201526471225209160121531030156576207
2016372112917258148929921376202587893
2017257100124265156124331243132316947
2018444104524253149027441316195257536
20196821434322371702417212575902310129
2020706151224
3361779489912732972510851
2021*8892306173502213523816733153713038
Var. 2021-2020*26%
53%
-29%
4%
24%
7%
31%
6%
48%
20%
(* Atualizado em 03/06/22)

Dados de entrada para cálculo da taxa desde 2000 (valores em km2): Dados de entrada usados para o cálculo das estimativas anuais.

 
Além dos dados tabulares, também estão disponíveis à comunidade brasileira os resultados do PRODES digital na forma de mapas vetoriais e imagens de satélite utilizadas, em formato compatível com a maioria dos sistema de informações geográficas de mercado.

O projeto PRODES conta com a colaboração do Ministério do Meio Ambiente e do IBAMA, e é financiado pelo MCTIC, através da Ação "Monitoramento por Satélites da Cobertura da Terra dos Biomas Brasileiros".

Os mapas e dados disponíveis neste sítio são copirraite do INPE/MCTIC. É permitido seu uso para estudos e análises científicas e políticas públicas, desde que mencionada a fonte.
  

Links Úteis

 

Metodologia PRODES - DETER (Edição revisada em Agosto/2022)
Apresentação (em vídeo) do Programa Amazônia e outros Biomas
Acesso aos dados PRODES (mapas e imagens)
Apresentação (em slides) do PRODES
Apresentação (em slides) do PRODES - DETER (síntese / inglês) - 30/03/2020

Correção da Máscara PRODES
Dados por Município
Dados por Unidades de Conservação
Dois documentos Históricos que deram origem ao PRODES - 1977 e 1979
Relatório PRODES 2008

 

 

PRODES Analógico


Qualquer problema, dúvida ou sugestão, por favor entre em contato aqui



Licença Creative Commons 
O dados do Sistema de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal do PRODES foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada.